sábado, 22 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL!!!! FELIZ 2013!!!!

Queridos amigos,
Que neste aniversário de Jesus nosso coração esteja mais aberto para o verdadeiro espírito do Natal. Que tenhamos mais amor e paz entre nós. 
E que 2013 traga muitas alegrias, paz, amor e esperança de um mundo melhor!
Deus abençoe e proteja a todos!

espertezas

Hoje eu e o Ado estávamos comentando que essa tinha que ir para o blog, para a memória dessas nossas infâncias!
Na atual troca-troca de ajudantes aqui em casa, a adaptação das meninas até que tem sido bem tranquila. É que, num grupo de 4, elas sabem se defender bem.
Ontem precisei sair à tarde e deixei a turma com a Ivone, que é nova aqui. Coloquei o dvd da Pocahontas e fui. Acabei demorando mais do que pensava e quando cheguei de volta, estavam assistindo um dvd dos Backyardigans, lanchando bolo e suco numa mesinha na sala. Fiquei surpreendida que a Ivone soube trocar o dvd no playstation. Sabe o que ela me disse? Que as meninas pediram para ela trocar e foram dizendo o que fazer: aperta aqui, liga ali, troca lá, e assim conseguiram. Só não conseguiram mudar o idioma, então ficaram assistindo em inglês mesmo. E ainda escolheram o suco, de  uva, que é o que elas mais gostam.
Outra boa aconteceu com a Nega, apelido da Maria Odete, que ficou trabalhando aqui por duas semanas. Após dar o lanche, elas disseram que a mamãe sempre dá uma surpresinha quando elas comem o lanche todo. Isso é história delas, pois eu só dou a surpresinha no almoço ou na janta, quando preciso estimular o empenho da turma na refeição. Elas mostraram onde fica o esconderijo dos chocolates, fizeram ela abrir, e ainda disseram que eram 3 prá cada uma! Eu só dou 1 de cada vez, ou no máximo 2 quando é muito merecido. Consigo até imaginar a cara da Maria Eduarda falando esse 3! Ela é bem espertinha prá aprontar uma dessas mesmo. A Nega me disse que ficou desconfiada, mas acabou cedendo. Quando cheguei em casa e ela me contou fui obrigada a rir da história. Essa minha gangue promete!

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

as princesas

A vontade era grande e a fada vó Isa atendeu aos pedidos: vestidos de princesa para as meninas! Assim elas puderam ir no aniversário do amiguinho Benício com fantasias novas. Detalhe: todas as meninas estavam de princesa! Só glamour...
 Princesa Marina Aurora
 Princesa Isabela Branca de Neve
 Princesa Duda Rapunzel
 Princesa Milena Cinderela

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

brincadeira de verão

Andei sumindo por uns dias porque a coisa complicou por aqui. Fiquei de novo sem ajudante, e agora que estamos numa casa, manter tudo em ordem ficou bem mais difícil. Ainda bem que não foi por tanto tempo; na semana passada a Nega começou a trabalhar aqui. Ufa! Mas neste período as meninas me viram tentando ajeitar a casa, e queriam ajudar! Principalmente a Maria Eduarda e a Milena: "mamãe, posso ajudar a lavar louça?" (já pensou?!?), "mamãe, posso ajudar a lavar roupa?... e p/ não desestimular estas iniciativas, eu dava alguma coisa para elas fazerem, como juntar as folhas do quintal, varrer a casa, pendurar roupas no varal de chão... E até que já ajudam um pouquinho. Só que juntar brinquedos pelo chão ninguém quer fazer! Que "graça"!
Mas como tem feito um calorão danado nestes últimos dias, e as atividades com água é que são gostosas, estou deixando que elas brinquem de lavar roupa. Pegam roupinhas de boneca e cada uma com sua bacia e pedaço de sabão cuida do seu serviço. Outra dia fizemos um varal baixinho com as cadeiras e elas encheram de roupinhas.


Agora querem fazer todo dia! Mas hoje acabei deixando a coisa mais solta e descambou a brincadeira: acabaram fazendo uma sopa de terra. Dá p/ imaginar a sujeirada, não?

sábado, 17 de novembro de 2012

começando a cortar as mamadeiras

Na última consulta com o pediatra recebi a missão de começar a eliminar as mamadeiras. Hojé só o café-da-manhã das meninas ainda é na mamadeira. É muito mais prático p/ mim, pois enquanto elas tomam eu não me preocupo e posso fazer outras coisas, como arrumar o lanche para o colégio.
Mas como temos que evoluir, então nos finais de semana nós estamos praticando a substituição pelas xícaras. A Dudinha é a mais animada com a troca. Cada dia ela pede uma xícara ou caneca diferente. Hoje foi a de girassol, da mamãe.


Depois de uma atividade no colégio em que as crianças tomaram chá, a Maria Eduarda virou fã. Olha só ela tomando um chazinho com bolo na varanda  junto com a Marina.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Dia das bruxas (Halloween)

Esta postagem ficou meio atrasada, mas eu não poderia deixar de colocar aqui. O dia das bruxas foi uma surpresa para nós que viemos morar em casa este ano: na nossa rua tem Halloween!!!! 
D. Salomé, nossa vizinha, me avisou no dia anterior que já estava com os doces prontos, e aí eu entendi o recado. Enquanto as meninas estavam no colégio, fui comprar os chapéus de bruxa para termos alguma coisa "bruxólica" para usar à noite, pois fantasia de bailarina não dava. 
Ao entardecer, eu ainda estava dando a sopa da janta, quando tocou a nossa campainha: um menino envergonhado pedindo "doce ou travessura". Chamei as meninas p/ entregar as balinhas e entenderem a brincadeira. Em seguida chegou um grupo maior, com umas 10 crianças bem fantasiadas e já fazendo a maior festa. E as 4 já começaram a gostar. Tratamos de terminar a sopa, botamos os chapéus e fomos p/ rua também, bater nas casas dos vizinhos mais próximos. Enchemos as bolsinhas com as balas que ganhamos da  D. Salomé e da D. Heloísa. A D. Regina não tinha balas mas veio com um pacote de bolacha. E os outros vizinhos que não estavam a par da brincadeira ganharam umas balinhas nossas, p/ terem o que dar para as outras crianças que batessem ali.


O Ado chegou mais tarde em casa neste dia, mas ainda pegou o finzinho da história. Depois que ele chegou ainda tocou nossa campainha e eram 3 crianças grandes (adolescentes!) de fantasia de bruxa e monstros pedindo doces.  E mais um monte de gurizada do outro lado da rua esperando prá ver o que ia dar que vieram atrás pedindo também. Foi muito divertido nosso primeiro Halloween na casa nova!
468543

terça-feira, 30 de outubro de 2012

castigo que funciona

O assunto da última semana por aqui foi o castigo da Maria Eduarda. Ela estava numa fase muito difícil; extremamente teimosa, desobediente e gritona. Não queria colocar o uniforme para ir ao colégio, não queria tomar banho, não queria comer, desafiou a mãe por algumas vezes... a coisa estava ficando impossível. Já tinha levado umas palmadas, foi posta de castigo no quarto e não respeitou o castigo, fez birra na entrada do colégio, e fez até xixi nas calças em pé na sala (coisa que nunca tinha feito desde que tiramos a fralda, há quase um ano). Foi a gota d´água (ou de xixi mesmo). E assim não pude evitar o pior castigo de todos: não ir na festa de aniversário da Melissa, amiguinha da sala da Marina e Isabela. Eu já tinha feito outras ameaças desse tipo, mas nunca tinha levado a sério. Desta vez fui obrigada a cumprir o que disse, ou perderia minha autoridade de mãe. Chegou no sábado, dia da festa, a Maria Eduarda já estava ficando boazinha, e me perguntava quem ia no aniversário. Eu tive que repetir várias vezes: "você não vai porque este é o seu castigo pelo mau comportamento". Deu dó de vê-la observar as irmãs se aprontando e ela concluindo que ia ficar em casa com o papai mesmo. Nem chegou a chorar. Acho que ela entendeu direitinho a pena que recebeu, deu p/ perceber que ficou triste. Mas lá fui eu com as 3, faltando um pedaço de mim, fomos para a festinha sem a Duda. Todos perguntaram "cadê a 4a"? O Ado até se esforçou para compensá-la: levou-a na missa com ele, e depois foram tomar sorvete. Nós chegamos em casa antes deles, e as 3 perguntaram por ela. Ela depois me disse que no próximo aniversário ela vai. Acho que não vai esquecer nunca mais. Nenhuma das 4. Todos sentiram que foi um castigo pesado (eu e o Ado inclusive), mas já surtiu efeito. O comportamento de todas já melhorou, e agora é só dizer que o castigo é não ir em algum lugar que elas já sabem que acontece mesmo. 
Neste dia não tirei fotos, e como não tenho foto da Duda triste, vai esta dela sorridente mesmo. Minha linda!
467041

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

muitos mimos e presentes

Essas minhas filhas são muito queridas. Vivem ganhando presentes. Claro que presente de vó, vô, madrinha e bisa são mais previsíveis, e elas ganharam vários mimos neste dia das crianças, mas como se não bastasse, ainda ganharam da nossa vizinha, D. Salomé, que tem vários netos, mas também lembrou das minhas meninas. Hoje ainda ganharam mais uns colares de princesa feitos pela tia Lúcia, uma amiga da família, que sempre manda uns agrados para elas.
Logo depois que nasceram elas ganharam muitos presentes, até de pessoas que não nos conheciam, ou nos conheciam bem pouco. Foram casaquinhos de lã da vizinha da minha sogra, sandalinhas havaianas da mãe da amiga da tia Tissy, bichinhos de pelúcia do supermercado, pijaminhas da irmã da tia Magali, fraldas e mais fraldas de tanta gente, só prá citar alguns. Um dos casos mais surpreendentes foi o das toalhinhas que elas ganharam da tia Denise. Já faz tempo que eu estava p/ escrever sobre isso, mas a correria do dia-a-dia me fez esquecer de registrar aqui. A tia Denise é uma amiga que conhecemos este ano. Ela vende jornal numa esquina do centro da cidade, no caminho que fazíamos na ida para o colégio. Era todo dia aquele papinho rápido do tempo da sinaleira, mas o suficiente para gerar uma afinidade.  E ela um dia deu de presente as toalhinhas de princesa bordadas com o nome de cada uma. Que encanto! Com a mudança para a casa, nós mudamos o caminho para o colégio, e não encontramos mais a tia Denise. Mas a lembrança ficou, e vamos guardar para sempre. Foi um presente muito especial. Quem sabe ela vê esta postagem e volte a se lembrar de nós. E qualquer dia desses vou mudar a rota para que as meninas possam revê-la.
463594

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

celebridade?

Esses anos como família de quadrigêmeos nos fez bem conhecidos. É claro que não passa despercebida uma família com 4 crianças da mesma idade, e quem ouve a história dificilmente esquece. Este blog também amplificou a abrangência da nossa imagem, atraindo programas de TV, jornal e a matéria da revista. Mas o que nos surpreendeu foi o reconhecimento sem as meninas! Aconteceu uns dias atrás com o Ado no supermercado: "você é o Ado, pai das quadrigêmeas? Te reconheci do site!"
Mas o ápice aconteceu hoje, e ele até me pediu p/ publicar aqui:

O Ado hoje saiu para viajar a trabalho, estava no aeroporto de Guarulhos, quando uma moça o reconheceu: "você é o pai das quadrigêmeas? eu acompanho o blog de vcs!"
I-na-cre-di-tá-vel! Já pensou nisso? Num mar de gente do aeroporto ele foi reconhecido por alguém que nunca tinha visto pessoalmente! Ele ficou tão abismado que disse que tinha que registrar essa. Tirou a foto, me mandou por e-mail e me ligou contando a história: "essa tem que ir p/ o blog!"



Prazer em conhecê-la, Núbia!
Tomara que não demore muito para conseguirmos fazer uma viagem com as meninas e assim vc as conhece pessoalmente também!
461764

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Natação II

Na postagem anterior ficou faltando a foto das quatro na piscina. 
Agora vai:

A Marina hoje teve sua primeira aula sem as irmãs. Ela, que geralmente não chora, deu uma choradinha quando não estava conseguindo se virar sozinha na água. Mas foi em frente e ficou até o final. Na saída ainda me disse que gostou da aula de natação.


460061

sábado, 29 de setembro de 2012

natação

Já que estou num momento de baixa atuação profissional, entendi que era a hora de me dedicar mais à vida de mãe e decidi começar com as aulas de natação. Sempre achei muito importante, mas quis esperar até o momento em que eu não precisasse mais entrar na piscina junto. Bem, então chegou a hora.  Fui fazer as matrículas, e como o período é de bastante procura, até agora só consegui uma vaga. Primeiro achei ruim, mas depois da primeira aula logo vi que foi melhor começar aos poucos, uma de cada vez. Eu logo pensei assim, e o professor me deu apoio: cada dia eu levo uma. Feitos os exames médicos, comprados maiôs, bóias, toucas e óculos, comecei com a Isabela porque achei que ela teria mais receio de entrar na piscina, e talvez eu tivesse que entrar junto para incentivá-la. Que nada! Foi feliz da vida participar da aula junto com as outras crianças. Uma graça de se ver: ela dava uns gritinhos eufóricos a cada exercício. Fiquei tão feliz de vê-la assim corajosa e contente, uma realização! 
Na aula seguinte levei a Milena, e foi o mesmo sucesso.
 Eu de novo toda pronta para entrar na piscina se fosse necessário, mas não precisei me molhar. E isso também se repetiu com a Duda na terceira aula. A atenção exclusiva da mamãe também teve bom efeito. 

Antes de ter a aula exclusiva da Marina, o professor Luís perguntou se eu não queria levar as 4 para uma aula todas juntas, num horário com menos alunos. Eu que não gosto de desperdiçar oportunidades lá fui com meu quarteto e a tia Ilda, nossa atual ajudante. A aula foi ótima, elas gostaram, mas não se comportaram tão bem quanto na aula sem as irmãs. Com a turma reunida já dá mais bagunça. Mas a dificuldade maior foi no vestiário. A mamãe e a tia Ilda tiveram que rebolar para deixar todas prontas de banho tomado o mais rápido possível, afinal aquele também estava um dia mais friozinho. O saldo da aventura foi um resfriado na Marina, que assim ainda não pode ter sua aula sem as manas.
459086

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

RG´s

Nossas meninas agora já tem carteira de identidade!!!! Minha irmã comentou de como é um item de segurança para quem viaja com os filhos, pois é um documento com foto com o qual temos como provar que somos seus pais. Vai que alguém duvida que as 4 princesas são minhas... Tratei de providenciar logo.



456259

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

caretas

Já faz tempo que não coloco fotos das meninas, então aí vai essa pra recomeçar. Foto das 4 juntas está cada vez mais difícil de fazer, a menos que seja uma brincadeira assim.
Depois de tanta angústia, seguimos acompanhando os amiguinhos Clara e Francisco com nossas orações, já que seus irmãozinhos Antonio e Miguel partiram. Uma tristeza enorme, mas a turminha que ficou (dá p/ dizer que 2 já é uma turminha, pois dá bastante trabalho também) quer muita atenção e carinho, e veio para trazer muita alegria, como toda criança. Queremos que a Clara e o Francisco cresçam e fiquem fortes logo para poder vir brincar aqui em casa!
453938

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Em oração para Vera e Rafael e seus filhos

Os quadrigêmeos da Vera e do Rafael nasceram nesta sexta, dia 31 de agosto, e fomos visitá-los no sábado pela manhã. A  princípio estava tudo bem com os bebês, que não vimos porque estavam na UTI-Neo, a mesma em que nossas meninas ficaram. A Vera ainda estava se recuperando da cirurgia, então trocamos poucas palavras e viemos embora. Só no dia seguinte soube pelo blog deles que o Antônio não havia resistido. Que tristeza. Que dor. Se eu fiquei assim, imagino como não ficaram esta mãe e este pai.
Este é um desafio grande: perder um filhinho, rezar pelos outros 3 para que  se desenvolvam bem e possam logo ter alta da UTI, se recuperar da cirurgia... e tantas coisas que envolvem tudo isso. Impossível não lembrar de tudo o que nós já passamos com esta história de quadrigêmeos em nossa vida: os riscos que corremos, as angústias, dificuldades, e agora estamos aqui, com nossos quatro tesouros bem saudáveis, alegres, nos tirando a paciência muitas vezes, mas eu sei que não posso reclamar. Eu só tenho a agradecer a Deus por tantas bençãos na nossa vida.
Há essas coisas da vida que não entendemos porque acontecem. Peço a Deus que proteja, abençoe, dê força e saúde a esta família.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

contagem PROGRESSIVA para a chegada dos novos quadrigemeos de Floripa

Sim, contagem progressiva porque cada dia a mais na barriga da mãe é uma vitória. Quando as nossas meninas nasceram, nos disseram que cada dia a mais na barriga, significa menos 3 de internação na UTI-Neonatal. A Vera e o Rafael já completaram 29 semanas de gestação, e o quarteto segue bem. Quem quiser saber mais, eles agora também tem um blog:
www.quadripais.blogspot.com.br

Pelo contato que tivemos até agora, percebemos que a turma é boa de reza. Todos os sustos, medos e desafios desta gravidez estão sendo vencidos com muita oração deste casal, sua família e amigos.
Seguimos nas orações e torcida pela saúde da Clara, Antonio, Miguel e Francisco!!!!



448668

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

individualização

Educar gêmeos tem várias especificidades, e uma delas, que pode parecer simples para quem vê de fora, é a individualização. Eu também não imaginava que isso poderia ser difícil, mas no dia-a-dia, acaba sendo. Como nós fazemos tudo em série, 4 banhos, 4 mamadeiras, 4 isso, 4 aquilo... , o que pode ser feito junto, é feito, e acaba sendo tudo no automático, pois não temos tempo a perder. Por mais que eu tente dar uma atenção, uma conversinha na hora do banho de cada uma, ainda parece pouco. Em geral, é tudo no coletivo.
Eu me dei conta disso quando li uma reportagem no dia dos pais com o Rafael Küerten, irmão do Guga, que também tem 4 filhos. Ele disse que faz a oração antes de dormir com cada um, individualmente. E assim tem um momento especialmente dedicado a cada filho, todos os dias.
Eu logo pensei no meu caso, que como estavam as 4 no mesmo quarto, fazia uma oração só. Imaginem como: uma ou outra prestava atenção, e as demais, muitas vezes brincando, rindo, chamando p/ outra coisa, ou nem aí. Difícil atrair a atenção de 4 crianças. Não sei como as professoras do colégio conseguem. Eu deveria ter estudado pedagogia...
Mas agora na casa nova, que dividimos 2 em cada quarto, a coisa melhorou neste sentido. Também ficou mais rápido de elas pegarem no sono. Antes bastava uma agitar e o quarteto estava todo de pé na cama. Depois que li a matéria do jornal, passei a fazer a oração com cada uma individualmente. Logo percebi a satisfação no olhar de ter "a mamãe olhando só para mim", e de poder fazer uma intenção especial por algum amiguinho da escola, alguém da família ou pela Branca de Neve, Aurora ou Ariel. Claro que esta atividade agora leva muito mais tempo, mas estou certa de que é um bom investimento que estou fazendo.
447033

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

aprontando na casa nova

Realmente as meninas estão aproveitando a casa nova. Nos primeiros dias era engraçado ver a Marina saltitando pela sala, uma graça. Elas brincam de pegar e correr dentro de casa. O espaço, além de ser maior que o apartamento que morávamos, está bem vazio com a falta de móveis. Um prato cheio para crianças!
Mas ontem aconteceu o que eu mais temia: a Maria Eduarda desenhou na parede! Botei as 3 para desenhar na sala, pois a Marina estava dormindo, e num instante em que ficaram sozinhas a Duda teve a brilhante ideia de continuar sua arte na parede. Tive que fazer um escândalo para servir de exemplo para as outras duas e botei de castigo no quarto. A sorte  é que consegui apagar o desenho feito com giz de cêra usando uma borracha boa. Ufa! 
445201

domingo, 29 de julho de 2012

Mudamos!!!!

Finalmente mudamos para a casa nova! Hoje faz 1 ano que assinamos o contrato de financiamento do terreno onde construímos nossa casa, e 3 dias que nos mudamos! Até que não foi ruim, embora eu esperasse que isto já tivesse ocorrido há mais tempo.
Bem, aqui estamos nos adaptando à vida nova: mais espaço para turminha brincar, e mais espaço para bagunçar também. As coisas ainda não estão no seu devido lugar, até porque ainda não existe lugar para todas as nossas coisas, pois ainda não temos guarda-roupas (o que tínhamos era fixo do apartamento. Vestir as meninas, dar banho, ficou tudo mais difícil nestes primeiros dias, levei tempo p/ achar roupa completa p/ todas. Outra novidade é que elas deixaram os berços e foram para a cama grande. A vó Sonia deu de presente as camas-box com cama auxiliar, o que se mostrou uma boa alternativa de proteção para as caídas da cama. Hoje de manhã encontrei a Marina e a Milena dormindo na cama de baixo. De tão cansadas, elas ficaram por ali mesmo, nem sei por quanto tempo.
A canseira está grande, mas estamos felizes com nosso novo lar. A Milena até disse no carro ontem: "eu gostei da casa nova".
441320

domingo, 22 de julho de 2012

fondue de chocolate!

Final de semana passado fizemos um fondue de chocolate com morangos de sobremesa! A Isabela e a Marina tinham experimentado no último dia de aula mas segundo a professora não se agradaram muito. A Isabela já não come muitas frutas mesmo, então já era de se esperar, mas a Marina me surpreendeu não ter gostado. 

Mas aqui em casa, em compensação, a Maria Eduarda e a Milena lamberam os beiços! Se lambuzaram de tanto comer! A Marina até se animou mas ficou só lambendo o chocolate sem comer o morango. A Isabela ficou por longe, só olhando. Cabecinha dura, essa!
A "brincadeira" foi uma delícia! E que sujeirada ficou na mesa e nas roupas! 
439960

domingo, 15 de julho de 2012

plantando no jardim




Ontem fizemos um programa diferente com as meninas: cuidamos do nosso novo jardim! Compramos mudas de hera e plantamos junto ao muro, juntamos as folhas secas, e preenchemos com a leiva de grama uns vazios que ainda existiam na entrada. Uma trabalheira, mas ficamos muito felizes. Esperamos logo ter um muro todo verdinho. As meninas aproveitaram para brincar no sol, mas também ajudaram no plantio. A família toda botou a mão na terra para conseguirmos isso! 
438393

domingo, 8 de julho de 2012

Fotos da Família

Mês passado fomos passear com nossos amigos Patrick e Claudine na Festa Junina de Jurerê. Viram a tradicional apresentação do Pau de Fita, música sertaneja, espaço kids, mas o que mais curtiram foram as guloseimas como pipoca e churrasquinho!!!










O Tio Patrick nos ajudou em fazer essas fotos, pois fazia muito tempo que não tinhamos belas imagens de nossa família! Obrigada!

436.753

domingo, 24 de junho de 2012

A charmosa

A Maria Eduarda anda numa fase extremamente "fashion". De vez em quando vai de lenço amarrado no pescoço para o colégio, e não há quem faça tirar!  Assim como suas irmãs, quer passar batom, esmalte, arco no cabelo, usar sandália ou sapato de festa, e o que se deixar. Tênis só aceita para ir ao colégio, ou com o argumento de que é para brincar no parque. Tem uma bota estilo montaria que ela adora, que já está apertada no pézinho, mas ela insiste em usar, e aguenta o tempo todo, até chegar de volta em casa. A tia Rafa, professora do colégio até comentou outro dia: ela vai ser do tipo que aguenta a noite toda em cima do salto!
Mas a melhor tirada foi quando a vó Sônia chegou aqui em casa de casaco de lã e tênis e ela disse: "Vovó, você não está charmosa; de tênis não fica charmosa." 
Ai o que me aguarda...
433.689

domingo, 17 de junho de 2012

Festa Junina

 
Neste sábado foi a festa junina do colégio, e como eram muitas turmas a se apresentar, nosso quarteto ficou com o horário de 11:40. Eu achei bom, pois deu tempo de arrumar a turma e chegar tranquilamente ao evento. Eu só não contava que os mais alegres seríamos nós, os pais. 




A Duda e a Milena dançaram bonitinho, mas a Marina e Isabela emburraram, e dançaram quase de arrasto. Assim que terminou a apresentação, fomos almoçar, e só então eu pude entender o motivo de tanta cara feia: fome!

 A criançada avançou nos pratos de carreteiro, que estava uma delícia por sinal. Depois disso os sorrisos apareceram, ainda mais quando foram brincar no parque. Vamos ver se até o ano que vem a mãe aqui já não esqueceu deste aprendizado. "Não dá prá dançar de barriga vazia, ô mãe!"


431980

terça-feira, 5 de junho de 2012

dia de chuva

Estes dois últimos dias foram encharcados aqui na cidade, e as meninas puderam aproveitar as capinhas de chuva mais uma vez. E assim chamam ainda mais atenção. Outro dia inventei de levá-las ao shopping deste jeito, e não conseguíamos dar dois passos sem que alguém viesse perguntar: "são gêmeas? Nossa! Quadrigêmeas! Que loucura!". Esta é mais uma razão para não vesti-las de roupa igual. 
Mas o quarteto todo de capinha azul ficou um charme, não? Obrigada pelo presente, tia Deda!



429656

terça-feira, 29 de maio de 2012

sem empregada!

Não é à toa que está cada vez mais difícil de postar no blog, o tempo que já era curto ficou menor ainda agora. Nossa ajudante me mandou um atestado médico de 15 dias, bem quando eu e o Ado estávamos curtindo nossos esperados 4 dias de férias. E ainda bem que eu tirei estes dias de férias, para estar com energia renovada para mais este desafio. Minha mãe, que estava com as meninas, deixou p/ me contar na nossa chegada. Nada como estar com a cabeça fresca para receber uma notícia dessas. Tudo bem. Dada a situação, montamos nossa estratégia de emergência. Voltamos às origens: tudo é planejamento nesta vida com quadrigêmeos! E nesta situação,  a gente sabe com quem pode contar: as duas avós tem nos dado apoio incessante, com sopinhas, almoços, com as roupas, etc. A Rosinha, nossa diarista há anos, foi o suporte durante nossa viagem, e é apoio certo para qualquer necessidade, dando conta da casa. E consegui que as meninas almocem no colégio duas vezes por semana, o que já facilita bastante as coisas. E assim estamos levando. A obra da casa já está nos "finalmentes", e está me dando menos trabalho. Enfim, tudo se resolve.
E principalmente quando encontramos alguém com um desafio maior que o nosso, é que nosso problema fica pequeno. Estive conversando com um novo casal que está esperando quadrigêmeos aqui na cidade. Contando tantos detalhes de tudo o que nós já passamos, e pensando no que eles vão passar, nosso problema atual é pequeno, muito pequeno.

427678

terça-feira, 15 de maio de 2012

No meio da Arte

Esta semana começa a CASA COR 2012 aqui em Floripa, e as minhas gatinhas antenadas já foram conferir durante a produção o painel do tio Alexandre Freire que está na fachada, de frente para o Mirante da Lagoa. 


O painel ficou maravilhoso e o ambiente sensacional. Fica a dica para quem quiser ir conferir!
424703

sexta-feira, 11 de maio de 2012

dia das mães

Esta semana tive a homenagem de dia das mães do colégio. Desta vez foram 2, uma em cada sala, e ainda bem que as avós foram junto, para segurar a onda quando tive que escapar para a 2a apresentação. Quero só ver como vou fazer quando forem 4 salas diferentes! 






Foi lindo! Delícia de ver minhas bonecas cantando p/ mim. E a homenagem anterior, com a música Nossa Senhora, do Roberto Carlos, foi de emocionar. E não saiu mais da minha cabeça: 


"Nossa Senhora, me dê a mão, cuida do meu coração... da minha vida, ah,... do meu destino, do meu caminho... cuida de mim."


Que a Mãe de Jesus proteja todos nós!


423796