segunda-feira, 31 de julho de 2017

Férias em Gramado



Nossas férias de inverno deste ano foi para pegar frio mesmo: decidimos ir para Gramado. Para aproveitar preços melhores, já tínhamos decidido o hotel com bastante antecedência, e acabamos escolhendo a semana do maior frio! Ainda bem que deu tempo de a vó Sônia fazer um gorro de lã para cada uma das quatro. Chegamos com zero grau ao meio dia na cidade! Por muito pouco não pegamos neve. Uma pena. O que presenciamos foi uma chuva congelada, pequenas gotinhas de gelo que caíram por aproximadamente meia hora. 
A cidade está um encanto! 


Tudo muito organizado, bonito, limpo, seguro e, obviamente, nada barato. Apesar do frio, pegamos lindos dias de sol, e o legal foi poder andar com tranquilidade, sem medo de perder as filhas, ou de ser assaltado, mesmo com a cidade cheia de turistas. Isso é cada vez mais raro neste nosso Brasil. 






Na ida, passamos dois dias em Porto Alegre, encontramos alguns amigos e aproveitamos para visitar nosso querido Padre Mirón, que celebrou nosso casamento e o batizado das meninas e agora vive em São Leopoldo. Visitamos o Museu Iberê Camargo e curtimos o por-do-sol à beira do rio Guaíba, e também aproveitamos muito o Museu de Ciências da PUC. 


A bobeira desta vez foi ter deixado para reserver o hotel de Porto Alegre muito em cima da hora, e acabamos perdendo a única opção que encontrei de quartos conjugados. A primeira noite na cidade tivemos que nos dividir, ficando a Maria Eduarda e a Isabela com a mamãe, e a Milena e a Marina com o papai. Isso ainda não tinha nos acontecido, e complicou a nossa vida. Felizmente, no dia seguinte conseguimos mudar para o hotel que tinha quartos conjugados. Este é um detalhe importantíssimo na organização das nossas viagens. E como as famílias estão ficando menores, é cada vez mais difícil encontrar hotéis com opção de quartos conjugados. Na viagem do ano passado, para São Paulo, encontrei apenas 3 hotéis com esta opção (a maior rede hoteleira do país!)







.  

terça-feira, 27 de junho de 2017

campeonato de xadrez

Como ando frequentando mais o colégio, enquanto fico com as 3 na biblioteca fazendo os deveres enquanto esperamos a aula de reforço da Isabela, fiquei sabendo do circuito escolar de xadrez. Já que era a partir de 7 anos, e as quatro gostam de jogar aqui em casa, estimulei-as a participar. Elas nunca fizeram aula, sabem apenas o básico do básico, e estavam em desvantagem com relação a algumas crianças, mas mesmo assim, foi muito divertido e um excelente aprendizado. Perderam algumas partidas, ganharam algumas, e saímos todos contentes com a participação. Eu não tinha assistido um campeonato de xadrez, e achei super interessante. Ainda mais torcendo para as minhas filhotas. 



  

segunda-feira, 1 de maio de 2017

8 anos!!!!

Nesta Páscoa comemoramos os 8 anos das nossas filhotas. Como o dia 15 caiu bem no Sábado de Aleluia, o tema da festa foi justamente a Páscoa. Juntamos tudo o que tinha de coelhinho em casa (e mais um monte de decoração de Páscoa que a vó Isa tinha) para fazer o decor da festa. E até que ficou bem bonita. 
















Mais uma vez cantamos parabéns 4 vezes, mas este ano adotamos a ordem alfabética, assim a Isabela foi a primeira homenageada. Ficou feliz da vida! E já deixo registrado aqui que no próximo aniversário o primeiro parabéns será da Milena.




 

segunda-feira, 3 de abril de 2017

semente de empreendedorismo

Outra coisa legal que fizemos neste verão foi vender brigadeiros.
Com a história das cartelas de roupinha de boneca que a Isabela ganhou de Natal, a Milena e a Duda aproveitaram uma troca de presentes para adquirirem as suas, e a Marina ficou sem. Como ela não tinha nenhum dinheirinho reserva (gastou o $$ da fada do dente logo que ganhou) eu a questionei: como você pode conseguir dinheiro, Marina? Começou a pensar, e logo lembrou dos desenhos da TV: vender limonada! Fui conduzindo a conversa, e disse que limonada seria um pouco complicado, e sugeri fazermos brigadeiros para vender no parque. As 4 adoraram a ideia!
Fizemos o planejamento juntas, dividindo as tarefas: Duda cuidaria das compras, Marina da produção, Isabela das vendas e Milena do caixa. Pegamos o capital que a Duda e a Milena tinham (reserva da Fada do Dente, R$20,00 de uma e R$10 de outra), e fomos ao mercado comprar os ingredientes. Fizemos a produção,  arrumamos numa caixa, e lá fomo vender no Parque do Córrego. Foi muito divertido. Eu fiquei meio de longe vendo a desenvoltura delas. Começaram envergonhadas de oferecer os brigadeiros para as pessoas, mas depois foram ficando mais desinibidas. Se atrapalharam um pouco com o troco, também tive que ajudar com as contas, mas a brincadeira se mostrou um excelente exercício de empreendedorismo, de matemática, de comunicação... foi ótimo!



terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

conquistas das ferias


Estas ferias foram muito aproveitadas, e uma grande conquista foi a Duda ter aprendido a andar de bicicleta sem rodinhas! Em duas manhãs em que fomos brincar na pracinha perto de casa com os presentes que elas ganharam de natal  (a bicicleta maior da Milena, o patinete da Duda, os patins da Marina) fiquei insistindo um pouquinho c/ a Duda na bicicleta velha e ela conseguiu dar umas pedaladas sem rodinhas! 


Foi uma uma grande conquista! Aqui em casa só a Milena já tinha conseguido.

video

E ontem foi a vez da Isabela. As quatro foram na pracinha com o papai e a Isa conseguiu dar as primeiras pedaladas sem rodinhas. Voltou pra casa toda satisfeita com a proesa.

Agora so falta a Marina. Haja coluna p/ ficar segurando a bicicleta para elas treinarem! Nessa hora fica dificil ter 4 filhas da mesma idade.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

fazendo roupinhas de boneca

A brincadeira nova destas férias é fazer roupinha de boneca!




















A Isabela ganhou de Natal da sua dinda uma cartela com moldes tem tecido para fazer saias e blusas para bonecas do tamanho da Barbie.




















Aproveitamos que a Milena quis trocar o presente que ganhou de amigo secreto e compramos mais uma cartela de moldes.



















A Duda se empolgou, e fez o mesmo que a Milena.



E como a Marina já tinha usado o presente que ganhou, aproveitei para comprar tecidos para ela usar os moldes das irmãs.



Esta brincadeira tive que sentar junto para brincar, coisa que nunca faço. Que divertido! Lá se foram duas tardes envolvidas com tecidos e agulhas. Dá um pouco de confusão, pois com apenas 1 adulto para ajudar, elas ficam impacientes de aguardar sua vez. Mas já foi um excelente aprendizado.







sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

equitação

Não poderia deixar de fazer ainda este ano uma postagem sobre a equitação.
Era uma coisa que a Milena vinha nos pedindo há tempo, e fui tentando atender esta vontade dela incluindo algum passeio de cavalo nas férias. Certa vez uma professora disse que a aula de equitação era para crianças a partir de 7 anos, então neste ano não deu outra: "mãe, este ano a gente faz 7 anos, certo? Então já posso fazer aula de cavalo!"
Não resisti a esta empolgação dela, e a inscrevi para uma aula experimental. A Marina pegou o bonde e disse: "eu também quero". Aí já me arrepiei, pois é uma aula cara, e se todas quisessem fazer não teria orçamento p/ tudo. Perguntei p/ Duda e p/ Isa, mas elas não se animaram. Ufa!
Como já era de se esperar, Milena e Marina fizeram a aula experimental e adoraram. E assim, em março matriculei as duas para fazerem uma aula por semana. Ao longo do ano mais algumas amigas do colégio também entraram na turma, e elas foram ficando cada vez mais animadas. Até a Duda e a Isa se animaram! Para não ser injusta com elas, marquei também uma aula experimental para as duas. A Duda fez a experimental direitinho, mas logo disse que não queria fazer aula. E a Isabela chegou a se animar, fez um mês de aula mas desistiu. Ficamos então com 2 amazonas em casa, por enquanto.
Não é um esporte simples, a evolução foi pequena ao longo do ano. Tivemos alguns sustos, como 2 tombos da Marina que inclusive deixaram ela um pouco mais insegura para galopar. Mas ela não desistiu, e este vídeo aparece ela na última aula deste ano, num pequeno galope no cavalo branco, o Lucky Boy, para nossa alegria e do professor.


video

video

Milena  está neste vídeo com a Dona Bilica, e segue animadíssima com o esporte. A pergunta agora é quando ela vai ter um cavalo! Calma, Mimi! Um passinho de cada vez!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Tia Magali agora é mamãe!

Neste mês de novembro nasceu o Davi Luccas, filho da tia Magali, nosso anjo especial que participou da chegada do nosso quarteto. Não podíamos esperar, e já fomos visitá-lo na primeira semana de vida! 
Mãe e filho estão muito bem! Davi muito tranquilo, e sua mãe, com laaaaaarga experiência, vai tirar de letra a nova experiência da maternidade.
Muitas bençãos ao Davi Luccas, mamãe Magali e papai Marcos!!!!

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

aprendendo crochê

A vó Sônia teve uma brilhante ideia: decidiu ensinar crochê para suas netas! 
As quatro ficaram muito empolgadas e esperaram ansiosas o dia de dormir na casa da vó Sônia e começar a aula! 
Cada uma com sua agulha de plástico, novelo de lã, e logo já foram saindo as primeiras tramas.

A Isabela foi a aluna mais aplicada, não queria mais parar de fazer crochê!
Conseguiu até fazer um tapetinho para sua bonequinha.