quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Feliz Natal!!!!


Este é o nosso cartão de Natal 2010. Desejamos a todos um Natal abençoado, cheio de saúde, de paz e amor no coração!!!!
266877

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Benvindo primo Luiz Eduardo


Neste domingo fomos visitar o primo Luiz Eduardo, que nasceu pela manhã. Lindo, fofinho, cabeludo, a cara do irmão! O João Henrique estava todo satisfeito com o irmão que chegou parecido com ele. Fomos vê-lo à tarde, e já aproveitamos para visitar as tias da UTI-Neo da Clínica Santa Helena.

265984

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

entre tapas e beijos

Com o passar do tempo, as personalidades estão se mostrando cada vez mais fortes. As 4 estão cada dia mais geniosas, testando todos os limites, colocando a nossa paciência à prova a cada meia-hora! Elas já sabem o que é não, mas teimam em fazer aquilo que dizemos para não fazer. E fazem várias vezes! Elas não sabem respeitar o brinquedo da irmã, pegam à força, e se não conseguem, chegam a bater. ô instinto selvagem! Elas não viram nenhuma criança fazer isso, saiu naturalmente. Educar não tem sido fácil. Não que eu tenha pensado que seria fácil, mas não imaginava que era tão difícil. O que fazemos quando elas estão brigando é incentivar o carinho, fazê-las dar um abraço. É muito engraçado. Elas dão um tapa na irmã, olham para nós, e logo em seguida fazem um carinho no mesmo lugar. E depois já vem outro tapa de novo... A irmãzinha fica olhando sem entender nada. E todas as 4 fazem a mesma coisa. Não sobrou nenhuma santinha. Até a Isabela que normalmente é a mais "na dela" distribui uns tapinhas para conseguir o que quer.

Outra coisa que vem nos tirando do sério também são as birras. A nova modalidade inventada pela Marina é bater com a cabeça no chão. Eu nunca tinha visto isso. Ela fica tão braba quando não fazem o que ela quer que fica dando cabeçada. Até já a apelidamos de Marina Zidane. Bichinha braba! E a Milena foi na onda e anda fazendo também. Nós ralhamos, botamos de castigo, mas só resolve tirá-la do lugar e levá-la para onde ela possa se distrair com outra coisa e esquecer a birra. Que coisa!

Tem dias que me sinto frustrada com meu papel de mãe. Fico estressada em não conseguir lidar com isso. E a brincadeira está só começando. Preciso procurar alguma leitura para me ajudar. Alguém tem alguma dica? Eu li bastante durante a gravidez sobre os primeiros meses de vida, agora está faltando me informar sobre estas novas etapas. Sinceramente espero que a ida para o colégio no ano que vem melhore esta situação.

Só espero que esta fase de briguinhas e birras passe logo.

video

261680

domingo, 5 de dezembro de 2010

Uma experiência de Papai Noel


Outro dia juntei vários brinquedos das meninas que elas não brincavam mais para doar. Eu já tinha ouvido que os Correios recolhem doações de brinquedos no Natal, então fui lá levar. Fiquei impressionada ao encontrar uma sala cheia de cartas das crianças para o Papai Noel. E assim que cheguei, 3 pessoas estavam saindo com cartas para atender àqueles pedidos. Pelo jeito a coisa funciona! Qualquer pessoa pode dar uma de Papai Noel. Com a sacola que levei já pudemos atender algumas cartas. É uma sensação maravilhosa imaginar uma carinha feliz recebendo o seu brinquedo. Dá vontade de pegar um monte de cartas e encher um saco de presentes. Tem pedidos dos mais variados: bonecas, carrinhos, rollers, kimono de judô... isso foi o que eu li nos poucos minutos que estive lá. Quem quiser fazer uma experiência de Papai Noel neste Natal, fica a sugestão: procure a agência dos Correios da sua cidade. Aqui em Floripa fica na agência central, na Praça XV. Esta deve ser a última semana para coleta de brinquedos, pois as entregas começarão na semana que vem.
259654

sábado, 4 de dezembro de 2010

Marina também quer aprender a tocar violão

Hoje o papai estava praticando mais uns acordes no violão novo, e a Marina foi chegando, chegando, até sentar bem junto dele para tentar tocar também.
Registramos.

259199

virose

Parece tradição de fim de ano: pegamos uma virose braba que derrubou todo mundo esta semana. Só o papai saiu ileso. Ano passado foi a mesma coisa. Desta vez começou com a Marina, no dia seguinte a Duda e a Milena, no outro a mamãe e a tia Magali, e por fim a Isabela. Quinta e sexta ficamos de molho em casa. E haja o que inventar para distrair as dodoizinhas! A novidade foi uma sessão de pipoca.

P.S.: no rosto da Duda é um band-aid colorido que colocamos para ela não coçar uma picada de mosquito.

259188